Curso Opções Simplificadas

O MeuTrade.com inova com o Curso Opções Simplificadas para desmistificar e focar nas formas mais rentáveis, diretas e objetivas de especularmos com as melhores estratégias.

Muito nos apaixona o mundo das alavancagens no mercado financeiro sendo o nicho das Opções o próprio reino encantado das porcentagens elevadas. Não necessitam de tempo de tela e tampouco de plataformas complexas. As Opções, em poucas clicadas, podem-nos mudar de patamar. Contudo, sua complexidade e dezenas de variedades de possíveis operações, sem as minúcias necessárias, podem torná-las verdadeiras vilãs.

A fim de que possamos internalizar as estratégias, disponibilizaremos:

* Linguagem simplificada;

* Aulas (lives) semanais;

* Suporte até outubro de 2019;

* Assistência 24/7 em grupo fechado;

Agora só está faltando você clicar em comprar para iniciar os estudos.

Evolução

       A vida é cíclica como a história nos mostra. Grandes potências caíram, os dinos se foram, e nada é para sempre. Sequer a vida o é. A Modal revolucionou o mercado. É fato. Três anos atrás era uma via de mão única. Os preços, plataformas ( Nelógica, Tryd e até o MT5 avançaram muito), educacional , facilidade de acesso, mobilidade, fizeram um diferencial monstruoso. Mobilizações sociais nunca antes vistas como a do Esquadrão ( SST ) aproximaram os traders que estavam até então perdidos e espalhados.

       Hoje os webinares, lives tem cunho educacional, outrora, somente venda velada.

      Preocupavam-se em vender a técnica do pozinho e a idéia do scalper de um minuto para iniciantes como praticamente a única forma existente de operar. Até é boa para alguns. Mas é muito complexa e para os iniciantes é a forma mais rápida para o cemitério por ser muito custosa de taxas e necessidade de uma absurda taxa de acerto. Mas os dinossauros se preocupavam com o meteoro? Não.

      Hoje se fala muito mais em gerenciamento, planejamento, profissionalização. Foi a primeira vez que vi uma corretora baixar a margem e concomitantemente um aviso de uso com responsabilidade.

      Só queriam ver sangue. Por isso o número de CPFs na bolsa não aumentava

      Creio que estamos em um divisor de águas do qual todos podemos, simbioticamente, crescer juntos. E Darwin, lá em meados de 1800 já nos dizia que a adaptação ao meio é questão de sobrevivência. E para atingirmos o sucesso, sobreviver é questão prioritária. Um passo de cada vez.

      Ou, como eu digo, “Um tijolinho por dia, faz a vida sadia”.

 



Marcelo Giacomini

Quer participar de um grupo sobre indicadores para se operar na bolsa de valores? Clique aqui e acesse nosso grupo no telegram.

Indicador Hilo

O indicador hilo na sua fórmula há uma média móvel simples para os máximos e outra para os mínimos, daí
o nome HiLo ( high/low ) . É representado como uma “escada”, quando a escada “virar” de cima do preço para
baixo do preço é considerado ponto de compra. Quando a escada “virar” de baixo do preço para
cima do preço é considerado ponto de venda. Foi criado por Robert Krausz em 1998, que utilizou
um período de 3 dias para gráfico diário.

Vamos ver isso em uma imagem do IBOV:

 

 

Esse é um gráfico diário e enquanto se fazia novas mínimas o hilo era a escada decrescente, no momento que se começou a fazer novas máximas a direção da escada mudou para alta.

 

 

Recomendações de leitura para traders

O Poder do Hábito – Por Que Fazemos o Que Fazemos na Vida e Nos Negócios – Duhigg,Charles

Foco – Goleman,Daniel

Candlestick – Debastiani,Carlos Alberto

Trading atitude mental do trader de sucesso – DOUGLAS, MARK

Quem Pensa Enriquece – Hill,Napoleon

O Investidor Inteligente – Graham,Benjamin

Aprenda A Operar no Mercado de Ações – Elder,Alexander

Os Axiomas de Zurique – Gunther,Max

Memorias de Um Operador Da Bolsa – LEFEVRE, EDWIN

Magos do Mercado – Entrevistas com Top Traders – Jack D. Schwager

Circuit Breaker

O que é ?

O circuit breaker é um mecanismo de proteção da turbulência nos mercados financeiros causados pela alta volatilidade. O acionamento desse mecanismo permite o amortecimento e o rebalanceamento das ordens de compra e de venda. O circuit breaker já foi acionado 17 vezes e o último acionamento ( no momento da escrita desse texto ) foi no dia 18 de maio de 2017 onde o mercado em reação ao cenário político brasileiro apresentou baixas expressivas enquanto o dólar disparava.

Regras de acionamento

  • Quando o Ibovespa atingir limite de baixa de 10% (dez por cento) em relação ao índice de fechamento do dia anterior, os negócios na B3, em todos os mercados, serão interrompidos por 30 (trinta) minutos;
  • Reabertos os negócios, caso a variação do Ibovespa atinja uma oscilação negativa de 15% (quinze por cento) em relação ao índice de fechamento do dia anterior, os negócios na B3, em todos os mercados, serão interrompidos por 1 (uma) hora;
  • Reabertos os negócios, caso a variação do Ibovespa atinja uma oscilação negativa de 20% (vinte por cento) em relação ao índice de fechamento do dia anterior, a B3 poderá determinar a suspensão dos negócios em todos os mercados por prazo definido a seu critério, sendo comunicado ao mercado tal decisão por meio da Agência de Notícias (ABO-OPERAÇÕES);
  • Todas as regras mencionadas anteriormente não podem ser acionadas na última meia hora de pregão.

Momentos históricos que acionaram o mecanismo

  • Crise asiática: 07 e 12 de novembro de 1997;
  • Crise russa: 04,10 e 17 de setembro de 1998;
  • Câmbio flutuante : 13 e 14 de janeiro de 1999;
  • Crise do subprime nos EUA: 29 de setembro de 2008 e nos dias 06, 10, 15 e 22 de outubro de 2008;
  • Delação da JBS envolvendo o presidente brasileiro Michel Temer: 18 de maio de 2017.

Referência

Os preços e a formação dos candles

Preços

Durante um dia de pregão temos 5 tipos de preços a saber:

  • Preço de abertura: Preço do primeiro negócio do dia;
  • Preço de encerramento ou fechamento: Preço do último negocio do dia;
  • Preço mínimo: Menor preço na qual um negócio foi fechado no dia;
  • Preço máximo: Maior preço na qual um negócio foi fechado no dia;
  • Preço médio: Média aritmética  dada por:

Volume Financeiro / Quantidade de títulos negociados do ativo

Formação dos Candles

Os candles (velas) são uma forma de representar graficamente o comportamento dos preços durante um determinado período do pregão. Por questões didáticas, consideremos um período de 60 minutos para exemplificar a formação do candle. Nessa situação teremos:

  • Cada candle ou vela representará 60 minutos de 1 dia de pregão;
  • O corpo do candle é formado pelo espaço ocupado entre o preço de abertura e fechamento no período de 60 minutos;
  • Os pavios são formados pelos preços máximo e mínimo do mesmo período considerado e acontecem quando esses preços (máximo e mínimo) forem diferentes da abertura e fechamento no período. O pavio superior tem seu limite marcado pelo preço máximo e o pavio inferior tem seu limite marcado como o preço mínimo.

candles – 60minutos

Tipos de Candles

Um candle pode ser de alta ou de baixa. Nos candles de alta, o preço de fechamento é maior do que o preço de abertura e nos candles de baixa ocorre o contrário.

Cores dos Candles

Em geral temos os seguintes padrões de cores:

  • Candles nas cores verde, branco ou azul são candles de alta;
  • Candles nas cores vermelho ou preto são candles de baixa.

Referência

Debastiani, Carlos Alberto. Candlestick: Um método para ampliar lucros na Bolsa de Valores, 2007. Novatec Editora, São Paulo

Suporte, Resistência e Rompimento

O que é Suporte ?

É uma região marcada por uma linha imaginária onde os preços pararam de cair e voltaram a subir em um passado recente.

O que é Resistência?

É uma região marcada por uma linha imaginária onde os preços pararam de subir e voltaram a cair em um passado recente.

Rompimento

Quando os preços ultrapassam  um suporte ou uma resistência, as regiões se invertem quando testadas novamente. Ou seja, onde antes havia uma resistência passa a existir um suporte e vice versa. É necessário ter atenção para se afirmar houve de fato um rompimento, muitas vezes os preços só passam levemente e voltam não confirmando o rompimento.

Referência

Debastiani, Carlos Alberto. Candlestick: Um método para ampliar lucros na Bolsa de Valores, 2007. Novatec Editora, São Paulo

Ajuste

O que é?

O Ajuste é um mecanismo de proteção ao risco que evitam inadimplências e permite uma maior alavancagem nos contratos futuros. É através do ajuste que são realizadas a equalização das posições.

Onde consultar o valor do Ajuste?

No início do dia (antes do pregão ) você pode consultar no site da Bovespa o valor do ajuste calculado no dia anterior.

Para consultar acesse aqui

VWAP

O que é?

VWAP é uma sigla ( Volume Weighted Average Price) que significa Preço Médio Ponderado pelo Volume. O VWAP permite a identificação dos pontos de maiores liquidez no intraday.

Cálculo do VWAP

VWAP = ∑(P ∗ V)/∑V
Onde:
P = Preço de cada Trade
V = Volume de cada Trade

Utilização

Além de permitir a identificação dos pontos de maiores liquidez no intraday, pode ser utilizado como suporte e resistência.

Referência:

Leshik, Edward A.; Cralle, Jane. An introduction to algorithmic trading – basic to advanced strategies. 2011. John Wiley & Sons Ltd, The Atrium, Southern Gate, Chichester, West Sussex, PO19 8SQ, United Kingdom.